POSTS RECENTES

A Esperança

A Esperança

— Susaze Collins


ATENÇÃO! SPOILER DOS LIVROS ANTERIORES!!!
Antes de tudo, quero avisar que esse livro faz
com que eu divida minha resenha em duas partes.
Então se preparem, tem textão!

PARTE I
No fim do livro Em Chamas, sobrevivemos a mais um Jogos Vorazes com a destruição da arena que surpreendeu de vez a capitol e o presidente Snow. Katniss enfim estava a salvo. O simbolo da revolução estava vivo e uma guerra estava prestes a começar. Mas nem tudo saiu como planejado...
Apesar do resgate de Katniss e de alguns participantes-aliados dos jogos, Peeta foi 'deixado' para trás. A capitol não deu mole apesar da surpresa. Peeta foi "capturado" e se tornou um prisioneiro para tentar abafar as coisas.
No decorrer dos dias depois da destruição da arena, vemos que Katniss está bastante fragilizada fisicamente e também psicologicamente. E que obviamente existe uma certa pressão para que ela assuma seu papel de tordo - o símbolo da revolução. Mas para as coisas caminharem como planejado, Katniss precisa de um "gás", que a faça querer lutar com unhas e dentes depois de tanto sofrimento. Para isso que isso aconteça, Coin (líder dos rebeldes), faz com que Katniss seja levada para o seu antigo distrito que agora só resta destruição e cinzas.
O choque é instantâneo. E Katniss obviamente fica transtornada. Mais para pesar ainda mais a dor no coração do nosso tordo depois de toda a destruição, ver Peeta sendo prisioneiro e manipulado faz com que ela aceite a ser o simbolo da revolução para resgatarem Peeta.
Então entramos em processo de pré-resgate e o resgate de Peeta. O resgate sai muito mais fácil do que planejado. Mas a capitol deixou uma surpresa para Katniss: Peeta não é mais o mesmo.
Descobrimos que Snow tinha mais uma carta na manga. Deixou um presentinho na mente de Peeta. E recuperar a mente de Peeta não vai ser nada fácil. Se é que era possível. PARTE II Com Peeta resgatado, chega a hora de Katniss fazer sua parte como tordo. Apesar de não poder ajudar na recuperação de Peeta, ela então se prepara para conseguir aliados em certos distritos antes da guerra começar.
Vou confessar que essa parte do livro é bem lenta, mas depois as coisas começam a melhorar.
Mas vamos a parte que interessa: a guerra. A chama da revolução se alastrou por todos os cantos e os rebeldes vão a luta. E para colocar mais lenha na fogueira, Coin deixa o esquadrão de Katniss em uma 'falsa' guerra para gravar para a população e tornar tudo mais emocionante. #JogadaDeMarketing

Tudo estava sob o controle até que o esquadrão acaba entrando definitivamente na “arena de jogos vorazes”. O que era para ser só encenação, acaba se tornando real.
A capitol estava em seu modo de defesa com perigos reais em cada parte da cidade.
Pegos desprevenidos, a arena criada na capitol faz com que eles percam amigos e passem por tensas situações. O 'esquadrão' mais procurado pela Capitol se une definitivamente a guerra junto com os rebeldes e vão atrás de Snow pra valer. #aleluiairmão As coisas só pioram e a guerra nos trás fortes surpresas - e emoções. Essa é a parte do livro onde mais a gente devora a leitura, confesso que por alguns trágicos acontecimentos, SPOILER - que nos fez perder personagens queridos na guerra me deixaram muito P@%#@! (perdoem me!) Eu sofri junto com Katniss este livro inteiro, principalmente na segunda parte!

A primeira parte do livro é um pouco enrolada, a história se passa em marcha lenta. Mas a segunda parte, onde está a guerra, nos trás reviravoltas que me tirou o ar, o chão e lágrimas (muitas lágrimas)… Bem, a esperança é o livro mais pesado, me deixou com coração na mão.
Eu queria falar muito mais sobre ele, é um livro bastante detalhado e que cada passo nos faz sentir inteiramente lá sofrendo, sobrevivendo e lutando. É INTENSO!

Todos os personagens sobreviventes demostram as cicatrizes de viver os Jogos Vorazes e a guerra, que continuou de alguma forma a atormentar a vida deles.

Devo adiantar que não existe um completo final feliz.
E creio que as pessoas que se decepcionaram com o final, é porque elas esperavam um final feliz… Mas em guerras, como existir um final completamente feliz?

Obs: Algumas mortes com certeza valeram a pena!
Mas não vou dar spoiler maior que isso!

A trilogia de Jogos Vorazes apesar de ser bastante impactante, se tornou minha predileta.
Vou ser um tributo eternamente. ♥
Que a sorte esteja sempre a favor de vocês! Fui!

Esta resenha você também encontra no

blog Doce Leitura.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Informações sobre o livro:

A Esperança
Suzane Collins
Editora Rocco Jovens Leitores

424 páginas 


Sinopse: Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? Acompanhe Katniss até o fim do "thriller", numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança. 
© BLOG CORAÇÃO DE LEITORA. Todos os direitos reservados.
Editado por: VICTÓRIA DANTAS.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo